Itaquiraí - Polícia investiga maus-tratos a crianças em abrigo

Ticker

6/recent/ticker-posts

Itaquiraí - Polícia investiga maus-tratos a crianças em abrigo

Delegacia de Itaquiraí, onde o caso foi registrado e será investigado. (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil investiga denúncia de maus-tratos contra crianças envolvendo servidora de um abrigo na cidade de Itaquiraí, a 405 quilômetros de Campo Grande. A Assistência Social do município foi o órgão que acionou a polícia na manhã desta quarta-feira (13), após encaminhar relatório ao MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), que também acompanhará o caso. Cerca de 10 crianças são atendidas no abrigo.

No ofício encaminhado à polícia consta que além de apresentar comportamento alterado nos últimos dias, a servidora do abrigo teria feito um comentário que chegou a assustar outra funcionária do local – de que tinha vontade de arremessar uma das crianças contra a parede. Também em outra oportunidade, a servidora teria afirmado que deixava uma das crianças trancada em uma sala chorando e iria para outra para não ouvir.

O delegado Eduardo Lucena, titular da delegacia de Itaquiraí, informou que as denúncias não envolvem agressão física. "Mais agressão verbal, também que a funcionária ficava irritada com choro da criança e abandonava", cita. Contudo, salientou que apura com cautela a denúncia. "Um caso delicado, que envolve criança", ponderou.

O titular pretende começar as oitivas de testemunhas ainda nesta quinta-feira (14). "Vou ouvir as demais servidoras hoje ou amanhã no máximo. E na semana que vem a suposta autora".

O Campo Grande News entrou em contato com a Assistência Social de Itaquiraí, órgão que fez a denúncia à Polícia Civil e ao MPMS. A secretária Flávia Rufino informou que todas as medidas legais foram tomadas assim que teve conhecimento dos fatos. "Acionamos o Conselho Tutelar, Ministério Público e foi feito o boletim de ocorrência".

Flávia também afirmou que será aberto procedimento administrativo interno na prefeitura, já que se trata de uma servidora concursada.

Fonte: Campo Grande News

Postar um comentário

0 Comentários