Justiça decreta prisão preventiva de motorista que matou mulher em acidente durante suposto racha em MS

Ticker

6/recent/ticker-posts

Justiça decreta prisão preventiva de motorista que matou mulher em acidente durante suposto racha em MS

Carro bateu em poste, na Júlio de Castilho, e foi preciso cortar teto para retirada das vítimas — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena
Carro bateu em poste, na Júlio de Castilho, e foi preciso cortar teto para retirada das vítimas — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena

O homem de 36 anos está hospitalizado em estado grave. Carro que ele dirigia bateu em poste na avenida Júlio de Castilho, em Campo Grande.

A Justiça de Mato Grosso do Sul decretou a prisão preventiva do motorista que matou uma mulher em acidente durante suposto racha, na madrugada de sábado (16), em Campo Grande.

O homem de 36 anos passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (18). Ele está hospitalizado em estado gravíssimo e por isso a Defensoria Pública pediu a liberdade provisória dele, o que foi negado.

Ele foi autuado em flagrante, porque, segundo a polícia, assumiu os riscos do acidente ao dirigir embriagado e disputar racha com outro veículo. Com isso, matou uma pessoa e deixou ele próprio e outras cinco pessoas feridas.

Todas as vítimas estavam no carro que o suspeito dirigia. Ele perdeu o controle da direção e bateu em um poste na avenida Júlio de Castilho. Com o impacto, Roberta da Costa Coelho foi lançada do veículo e morreu no local.

Entre as vítimas, o motorista e duas irmãs, de 24 e 33 anos, continuam internadas. As duas mulheres estão conscientes, passaram por cirurgia ortopédica e se recuperam.

Câmeras de segurança registraram o veículo na via, aparentemente em alta velocidade, e também a batida no poste.

As imagens mostram que o veículo chega a levantar os pneus traseiros e há uma explosão no poste, que fica inclinado para a avenida, sustentado por fios. Diversos imóveis ficaram sem energia elétrica, o poste precisou ser trocado e o trecho em frente ao local ficou interditado.

No carro foi encontrado um cooler com diversas latas de cerveja geladas e fechadas. Pela via também ficaram várias latas espalhadas, assim como estilhaços e pedaços do veículo.

Indícios no local do acidente, imagens de câmeras de segurança, relatos de testemunhas e de vítimas, confirmaram a disputa de velocidade com outro veículo. Este não ficou no local, mas a polícia já tem a placa e sabe no nome de quem está.

De acordo com o boletim de ocorrência, ao menos duas pessoas que passavam pela via viram o racha. Uma das vítimas contou aos policiais que todos voltavam de uma casa noturna onde tinham bebido e confirmou o racha.

Fonte: G1MS

Postar um comentário

0 Comentários