Ator Bruce Willis pausa a carreira por causa de afasia; entenda o que é...

Ticker

6/recent/ticker-posts

Ator Bruce Willis pausa a carreira por causa de afasia; entenda o que é...

Bruce Willis - Imagem: Frazer Harrison/Getty Images
Bruce Willis - Imagem: Frazer Harrison/Getty Images

A família do ator Bruce Willis, 67, anunciou nesta quarta-feira (30) que ele fará uma pausa na carreira para cuidar da saúde. Segundo a postagem, o ator recebeu o diagnóstico de afasia, um problema que compromete a linguagem falada ou escrita e deixa o paciente incapaz de se comunicar.

A afasia não é uma doença, mas uma manifestação, um sintoma de algum outro problema de base. A condição pode ser, por exemplo, uma sequela de um AVC hemorrágico ou isquêmico que, por sua vez, pode ser causado por histórico familiar, diabetes, hipertensão, estresse ou tabagismo.

A sequela pode ser transitória ou definitiva. A família de Bruce Willis não anunciou as causas da afasia do ator.

A afasia ocorre por lesões no cérebro, geralmente na região frontal do lado esquerdo, que é responsável pela linguagem. "Pode ser uma dificuldade na linguagem verbal ou para a escrita e a leitura", explica Wanderley Cerqueira, neurocirurgião e neurologista do Hospital Albert Einstein e da Rede D'Or e diretor da consultoria WCL Neurocirurgia.

A condição foi descoberta no século 18 por um médico francês que estudou um paciente com dificuldades na fala. Na autópsia, foi descoberto um tumor, outra condição que também pode causar uma afasia, assim como doenças neurodegenerativas, como Alzheimer.

Existem vários tipos de afasia, segundo Cerqueira. Entre os principais, estão:

Afasia motora ou expressiva (ou afasia de Broca): o paciente tem dificuldade para falar, repetir e se expressar, com perda importante da fluência verbal, mas compreende o que os outros falam;

Afasia sensitiva ou receptiva (ou afasia de Wernicke): há dificuldade para entender, repetir palavras e frases. Nesse caso, a pessoa consegue falar, mas não consegue entender o que os outros falam;

Afasia de condução: o indivíduo consegue falar e compreender, mas tem dificuldade de repetir sentenças ou palavras;

Afasia transcortical motora: a pessoa tem dificuldade de falar, mas consegue repetir.

A afasia acomete pessoas mais idosas e não tem cura, segundo o neurologista. No entanto, um tratamento precoce pode desacelerar a progressão da perda da capacidade de comunicação.

A prevenção do problema envolve o controle da pressão, de diabetes, de obesidade, do sedentarismo, do tabagismo e outras condições que podem causar doenças neurodegenerativas ou AVCs.

Outros casos

Recentemente, a promoter Alicinha Cavalcanti morreu aos 58 anos depois de lutar desde 2015 contra uma afasia progressiva primária, um caso degenerativo e raro da doença, em que a pessoa perde a linguagem até atingir um quadro de demência.

A atriz Emilia Clarke, da série "Game of Thrones", também enfrentou afasia depois de sofrer um derrame por causa de dois aneurismas cerebrais. Sharon Stone e Kate Walsh também tiveram afasia depois de tratamentos de doenças cerebrais.

*Com informações de reportagem matéria de Bruna Alves.

Fonte: UOL

Postar um comentário

0 Comentários