Sete pessoas são transferidas para Campo Grande após acidente entre caminhonetes matar empresário de MS

Ticker

6/recent/ticker-posts

Sete pessoas são transferidas para Campo Grande após acidente entre caminhonetes matar empresário de MS

Sete pessoas são transferidas para Campo Grande após acidente entre caminhonetes matar empresário de MS — Foto: BNC News/ Reprodução
Sete pessoas são transferidas para Campo Grande após acidente entre caminhonetes matar empresário de MS — Foto: BNC News/ Reprodução

Colisão aconteceu na Serra Sucuriú, na BR-060, em Paraíso das Águas; entre os feridos estão quatro crianças.

Sete pessoas foram transferidas para a Santa Casa de Campo Grande após acidente entre duas caminhonetes na BR-060, em Paraíso das Águas (MS), a 275 quilômetros de Campo Grande. O acidente, ocorreu a tarde deste domingo (13) e, matou o empresário Rafael Borba dos Santos, de 33 anos.

De acordo com o hospital, uma das vítimas segue em estado grave com Traumatismo Cranioencefálico (TCE) grave, ferimento extenso em região frontal e fraturas na coxa e perna direita e no braço esquerdo. A paciente que ainda não foi identificada foi avaliada pelas especialidades de neurocirurgia, ortopedia e bucomaxilofacial.

Ainda conforme a Santa Casa, a paciente está em recuperação do procedimento de emergência pela neurocirurgia e ortopedia para correção de múltiplas fraturas e aguarda estabilização para intervenção pela bucomaxilofacial.

Um paciente, de 37 anos, deu entrada na madrugada desta segunda-feira (14). A vítima teve um rebaixamento do nível da consciência no local e ferimentos na região frontal esquerda. Ela está consciente, orientada e estável no momento e segue no Pronto-socorro em observação, após realizar drenagem de tórax e sutura de ferimentos.

Outro paciente, de 35 anos, que também chegou nesta madrugada, teve TCE, perda de consciência no local, dor no quadril e no membro inferior direito. Ele foi avaliado pela neurocirurgia e internado para observação, também foi avaliado pela ortopedia devido fartura de fêmur e aguarda realização de procedimento cirúrgico. O paciente segue consciente, orientado e estável no momento.

Rafael Borba da Silva não resistiu ao acidente — Foto: Redes sociais/ Reprodução
Rafael Borba da Silva não resistiu ao acidente — Foto: Redes sociais/ Reprodução

Pacientes transferidos

Quatro pacientes chegaram, na madrugada desta segunda-feira (14), transferidos do município de Paraíso das Águas. São eles:

  • Uma criança, de 5 anos, com ferimentos na cabeça e múltiplas fraturas em membros superiores. A criança foi avaliada e liberada pelas equipes da cirurgia pediátrica e neurocirurgia, está em procedimento cirúrgico pela equipe da cirurgia plástica. O paciente aguarda consulta pela equipe da ortopedia devido fratura no braço esquerdo e antebraço direito. 
  • Outra criança, de 7 anos, com lesões em joelhos bilaterais, contusão pulmonar e hematomas cervicais. Ela foi avaliada e liberada pelas especialidades de neurocirurgia e cirurgia pediátrica. Aguarda procedimento pela ortopedia no centro cirúrgico e está consciente, orientado e estável no momento. 
  • Um paciente, de 29 anos, com histórico de perda de consciência no local. Em admissão na Santa Casa de Campo Grande apresentou-se consciente. Foi diagnosticado com TCE moderado e recebeu alta hospitalar após ser liberado pela neurocirurgia. 
  • Uma outra paciente, de 27 anos, diagnosticada com politrauma, luxação em cotovelo esquerdo, fratura de fêmur esquerdo, luxação de joelho esquerdo, fratura articular do hálux esquerdo e luxação exposta em dedo do pé esquerdo. Ela segue no Centro Cirúrgico em procedimento pelas equipes de Ortopedia e Traumatologia.

Conforme a polícia, duas crianças, vítimas do acidente, estão no hospital de Chapadão do Sul, a 330 km da capital.

Segundo o boletim de ocorrência, a colisão aconteceu por volta das 16h40, quando duas caminhonetes cabine dupla seguiam em sentido contrário e se chocaram de frente na rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que oito pessoas estavam em um veículo e duas em outro.

Fonte: g1

Postar um comentário

0 Comentários