Devendo R$ 12 mil em boate, cliente faz garotas de programa reféns

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Devendo R$ 12 mil em boate, cliente faz garotas de programa reféns

Arma apreendida com o autor (Foto:Divulgaçãop/PM)
Arma apreendida com o autor (Foto:Divulgaçãop/PM)


Um Homem de 28 anos, mobilizou a Polícia Militar, após gastar quase R$ 12 mil em uma casa de prostituição e não ter como pagar a despesa, além de se trancar com duas garotas de programa e fazer ameaças com uma pistola. O caso foi registrado a madrugada de ontem, domingo (13), em uma casa noturna na BR-463, região da Sitioca Campina Verde, em Dourados, saída para Ponta Porã.

Segundo o boletim de ocorrência, o Homem passou a tarde e noite de sábado (12) em uma casa de programa ingerindo bebidas alcoólicas e usufruindo dos serviços sexuais de duas mulheres que trabalham no local. No entanto, na hora de pagar a conta, de R$ 12 mil, na madrugada de ontem (13), relatou não ter dinheiro.

Ele chegou a oferecer seu veículo, um HB20, como garantia de pagamento, no entanto, já nervoso, se trancou com as duas garotas num quarto e começou as ameaças usando uma pistola calibre 380.

A PM foi acionada e após negociação, Homem se entregou.Uma das prostitutas contou que foi forçada a ter relação sexual sem preservativo. Será coletado material para subsidiar investigação por estupro.

Após receber voz de prisão ele foi encaminhado para a delegacia de polícia, sendo autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e ameaça.



Fonte: EnFoqueMS

Postar um comentário

0 Comentários