Foragido da Justiça morre e dois são baleados em tiroteio na fronteira

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Foragido da Justiça morre e dois são baleados em tiroteio na fronteira

Corpo de Lucas foi deixado no Hospital Regional de Ponta Porã (Foto: GCMFron)

Lucas Alves da Silva, foi morto na noite de ontem, domingo (11), no dia que completou 27 anos de idade. O rapaz morreu em um tiroteio, em Ponta Porã. Ele era fugitivo do presídio de Pedro Juan Caballero, fronteira do Brasil com o Paraguai. Outras duas pessoas foram atingidas pelos tiros e socorridas.

Alfredo Arce Neto, de 19 anos, uma das vítimas do tiroteio recebeu os primeiros atendimentos no Hospital Regional de Ponta Porã, mas por causa da gravidade dos ferimentos precisou ser transferido para Campo Grande.

De acordo com o site Porã News, o tiroteio aconteceu por volta das 21h, em uma conveniência no centro de Ponta Porã, depois que os envolvidos se desentenderam. A outra vítima do tiroteio não foi identificada, mas foi socorrida para um hospital particular da região.

Testemunhas ainda disseram que duas mulheres, que passavam de carro pelo local, foram paradas por homens armados, eles teriam colocado o corpo de Lucas no porta-malas do veículo e obrigado as mulheres a dirigirem até o hospital regional, mas Lucas já estava morto.

Policiais brasileiros e paraguaios estão mobilizados na tentativa de prender as pessoas que participaram do tiroteio.



Fonte: Campo Grande News

Postar um comentário

0 Comentários