Ação conjunta apreende drogas e armas em Dourados; Dois criminosos foram mortos

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Ação conjunta apreende drogas e armas em Dourados; Dois criminosos foram mortos

Fotos Divulgação PC

Equipes do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil, durante investigação sobre dois roubos que aconteceram na cidade nos últimos 10 dias, identificou a participação de uma organização criminosa de dentro dos presídios do Estado.

Fora dos presídios, a execução das tarefas vinha sendo realizada pelas pessoas de seguintes vulgos: 7.62, Risadinha e Matemático, pessoas que foram identificadas pelo setor de inteligência da Polícia Civil de Dourados.

Em contato com a inteligências das equipes do Choque que estavam pela cidade foi levantado também que os mesmos envolvidos estavam se preparando para realizar ação em retaliação as operações desencadeadas na operação Narcos, que teria desarticulados outros braços dessa organização na cidade de Dourados e região.

A informação foi confirmada pelos SIG de Dourados, sendo ainda levantado inteligência da policia civil de Dourados que o grupo planejava um ataque recente, que poderia ser desenvolvido na data de ontem (30) se tratando de um ataque a agentes de segurança pública ou de pessoas que rivalizavam com grupo criminoso, o conhecido tribunal do crime.

Diante dessas informações em reunião na base do SIG as equipes deliberaram por realizar a ação nos endereços até então levantados, que eram os endereços prováveis dos investigados, buscando evitar que qualquer ação do grupo fosse desencadeada na cidade.

Durante a ação no endereço localizado Rua da Prosperidade, 19 Loteamento Guavira, Bairro Joquei Clube, os indivíduos empreenderam fuga, pulando o muro e tentaram se evadir. Integrantes das forças de segurança pularam atrás, sendo recebidos com disparo de arma de fogo que foram revidados, para imobilização dos agressores.

Neste momento as equipes de inteligência identificaram o local de fuga do segundo indivíduo e foram em busca do mesmo, sendo novamente recebidas por disparo de arma de fogo. As equipes reagiram para repelir a injusta agressão.

O agressor foi alvejado e imobilizado no local.

Com os agressores foram localizadas uma arma de fogo do tipo pistola, marca brownling, calibre 32, número de série 390197, com três munições intactas e um revólver, marca Smith Wesson, niquelado, número de série 42910, cabo de madre pérola, capacidade de para seis cartuchos e municiado com cinco munições, sendo que após o trabalho da perícia no local foi informando que 4 munições estavam percutidas e 2 deflagradas.

Em buscas na residência de onde os investigados fugiram foram encontrados e apreendidos 9 celulares de diversas marcas,7 porções de maconha que pesaram 1,590 gramas, uma arma de fogo tipo espingarda, oxidada, coronha de madeira, calibre 32. Marca CBC mod. 651, número de série aparente 479336.

Os celulares estavam amarrados em uma corda, bem como pedaços de maconha, sendo que os investigados aguardavam a noite cair para lançá-los dentro do Presidio de Dourados.

A espingarda, oxidada, coronha de madeira, calibre 32. Marca CBC mod. 651, foi a utilizada no roubo que era investigado pelas equipes do SIG.

Quando as buscas eram realizadas no imóvel as equipes receberam a informação de populares dando conta que o terceiro fugitivo estaria escondido em uma Escola vizinha à mencionada residência, sendo realizadas buscas e localizado o conduzido de alcunha Matematico. O capturado e os objetos apreendidos foram apresentados no SIG, sendo que o capturado foi preso em flagrante.

Já os indivíduos que tiveram confronto com a polícia vieram a óbito no UPA de Dourados, sendo que foi registrado boletim específico para apuração da ação dos policiais.

Participaram da ação policiais do Batalhão de Choque, e da inteligência do 3 Batalhão de Dourados e do SIG/NRI de Dourados.

Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários