Foto tirada em festa poucas horas antes do acidente mostra Mariana sorridente: 'Burrice foi eu deixar você ir embora'

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Foto tirada em festa poucas horas antes do acidente mostra Mariana sorridente: 'Burrice foi eu deixar você ir embora'

Samira e Mariana na festa, momentos antes do acidente — Foto: Samira Jaser/Arquivo Pessoal

A estudante de Direito, Samira Jaser, de 19 anos, era amiga do casal e de outras pessoas em comum. Eles estavam no mesmo aniversário, em Campo Grande.

Uma das últimas fotos de Mariana Vitória de Lima, de 19 anos, que morreu em acidente na madrugada de sábado (15), em Campo Grande, foi tirada pela amiga Samir Jaser, da mesma idade, na festa em que elas estavam horas antes.

A imagem com efeito 'bumarangue', feita por celular, mostra as duas em momento de descontração e Mariana com sorriso no rosto, o que, segundo amigos, era característica dela. "Tinha um sorriso lindo", fala Samira.

A foto foi postada nas redes sociais de Samira após a morte da amiga. "Burrice foi eu deixar você ir embora e qualquer coisa eu recorde agora vai doer", consta na legenda, finalizada com "eu te amo eternamente".

Perícia no local do acidente que matou Mariana — Foto: João Braga/Reprodução Acidente

Mariana caiu do capô do próprio carro, após o namorado, Rafael de Souza Carrelo, de 19 anos, perder o controle da direção, subir no meio-fio e bater em uma árvore. Depois disso, ele ainda seguiu com o veículo e parou ao bater em um poste.

Ao descer do carro o rapaz procurou pela namorada, a encontrou caída perto da árvore, a pegou no colo, e, aos prantos, foi para o meio da rua pedir ajuda. Imagens obtidas pela polícia mostram a movimentação.

Os dois saíram de uma da festa, onde estavam com Samira e outros amigos, e voltaram para casa do rapaz de carro de aplicativo. Lá pegaram o veículo e foram procurar um local para lanchar. A lanchonete que queriam estava fechada e, quando retornavam, houve o acidente.

Imagens de câmera de segurança mostram uma pessoa no capô do carro — Foto: Divulgação/Polícia Civil

"Brincadeira"

Segundo informações da polícia, no primeiro momento, ainda no local do acidente, Rafael teria dito que Mariana subiu no capô para impedi-lo de dirigir, porque estava alcoolizado. Já na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), porque inicialmente o caso foi tratado como feminicídio, o rapaz disse que ele e Mariana faziam uma "brincadeira".

Na segunda-feira (17), a polícia conseguiu imagens que mostram o momento que às 04h23 de sábado (15), Rafael está ao volante e encosta o carro. Se vê uma movimentação no interior do veículo e em seguida, Mariana assume a direção e o rapaz sobe no capô. A jovem sai com o carro, em baixa velocidade.

Outras imagens mostram uma pessoa no capô do carro e outras flagraram o momento do acidente e quando Rafael sai do veículo a procura da namorada.

Prisão

Rafael foi preso em flagrante por dirigir embriagado e por feminicídio com dolo eventual. Na segunda-feira ele passou por audiência de custódia e a justiça entendeu que o caso deve ser investigado como crime de trânsito, classificando-o como homicídio culposo.

Diante disso, foi determinado ao rapaz o cumprimento de prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica.

Homenagem

Mariana foi enterrada em Amambai, onde nasceu e morou com a família. No túmulo, amigos escreveram uma frase postada por ela 10 dias antes de morrer: "Não existe fim para pessoas incríveis".

Homenagem de amigos no túmulo de Mariana — Foto: Redes sociais

Fonte: g1

Postar um comentário

0 Comentários