Agente penitenciária de Naviraí comete suicídio em quarto de hotel

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Agente penitenciária de Naviraí comete suicídio em quarto de hotel

Texto: Julio Cezar dos Santos Silva/Foto: Divulgação (09/03/2021)

A agente penitenciária, Mônica Hainoski de Souza, de 38 anos, faleceu na última segunda-feira (8) após atirar contra a própria cabeça em quarto de hotel em Naviraí.

Mônica era servidora da Penitenciária de Segurança Máxima de Naviraí.

A agente chegou a ser atendida pela equipe do SAMU que a encaminhou para o Hospital Municipal de Naviraí, porém não resistiu ao ferimento e veio à óbito durante o atendimento.

Mônica deu entrada em um Hotel da cidade na noite de ontem, após às 22 horas uma funcionária do estabelecimento ouviu um disparo de arma de fogo vindo do quarto onde a servidora estava hospedada. A funcionária acionou a polícia militar que ao chegar no local encontrou Mônica com um ferimento à bala na cabeça, ao lado do corpo da agente penitenciária havia uma pistola Taurus, calibre 9mm, com uma munição deflagrada.

Antes de tirar a própria vida, Mônica teria postado uma mensagem de despedida em suas redes sociais, na mensagem ela se desculpava com familiares e colegas de trabalho, além de pedir perdão para o filho e que alguém tomasse conta de seus gatos.

O caso foi registrado no primeiro DP da Polícia Civil de Naviraí, a polícia está investigando o caso e irá ouvir algumas testemunhas. Segundo a família, a agente penitenciária estava sofrendo com problemas no casamento e questões emocionais, um possível caso de depressão pode ter levado ao suicídio.

A Agepen divulgou uma nota de pesar comunicando o falecimento da servidora.

O início do velório estava previsto para às 15 horas no município de Amambai, onde reside a família de Mônica.

Fonte: Portal do Conesul

Postar um comentário

0 Comentários