Eldorado-Estelionatários que aplicavam golpes com cartões de crédito são detidos pela PM

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Eldorado-Estelionatários que aplicavam golpes com cartões de crédito são detidos pela PM

Foto: Ilustração

A PM (Polícia Militar) de Eldorado deteve dois indivíduos de 22 e 36 anos, que estavam aplicando o golpe de estelionato na cidade e que já haviam aplicado o golpe em varias cidades do estado do Paraná.

Durante patrulhamento na tarde de sábado (05), pela área centra da cidade de Eldorado, uma guarnição da PM avistou um veículo Renaut Sandero, de cor cinza e com placas de Belo Horizonte/MG, que tinha em seu interior dois indivíduos. 

Os policiais deram ordem de parada para o condutor do referido veículo, para ser realizada uma abordagem de rotina, porém durante entrevista, o motorista e passageiro, ambos moradores em São Paulo, passaram a entrar em contradição, dizendo que apenas que estavam passeando pelo Estado. Diante da suspeita, os policiais militares conduziram os dois indivíduos a unidade policial para melhor averiguação.

Na unidade policial, novamente os dois indivíduos voltaram a entrar em contradição por diversas vezes até que acabaram confessando que estavam na cidade praticando golpes com cartões de crédito e que teriam várias máquinas de cartão dentro do quarto onde estavam hospedados.

A PM foi até o hotel onde a dupla estava hospedada, e encontrou no quarto 16 aparelhos para efetuar transações de cartão de crédito, que foram apreendidos pelos policiais.

Segundo a dupla, eles aplicavam os golpes ligando para as vítimas se passando por empresas de telefonia, bancos ou lojas de crediários, onde através do falso diálogo, conseguiam os dados das vítimas e com eles efetuavam transações nas máquinas.

Ainda segundo a dupla, eles teriam chego à cidade de Eldorado na sexta-feira (04) à noite, tendo passado antes por diversas cidades paranaenses efetuando o mesmo golpe.  A dupla foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Eldorado aonde o caso foi registrado como estelionato e segue sendo investigado.



Fonte: Tanamidianavirai Fonte:

Postar um comentário

0 Comentários