Mãe de menina estuprada pelo padrasto em MS proíbe aborto: '25 semanas'

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Mãe de menina estuprada pelo padrasto em MS proíbe aborto: '25 semanas'


Mulher prometeu cuidar do neto


Mãe de uma garota de 12 anos, estuprada pelo padrasto, proibiu que a filha interrompesse a gravidez. O crime ocorreu em Amambai, fronteira com o Paraguai.

A mãe disse que vai cuidar do bebê, que está com 25 semanas de vida. A decisão da mulher ocorre mesmo a filha tendo o direito de interromper a gestação.

O criminoso foi preso nesta terça-feira (1º), quando confessou o estupro. A informação é que ele tenha abusado da enteada por dois anos, ou seja, desde os 10 anos dela.

A polícia disse que a mãe só teve conhecimento dos abusos sofridos pela filha depois que ela passou por exames médicos e a gravidez foi constatada.

FONTE: Top midia news

Postar um comentário

0 Comentários