Vítima de covid-19 foi internada 2 vezes e recebeu alta na véspera da morte

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Vítima de covid-19 foi internada 2 vezes e recebeu alta na véspera da morte

Velocindo Cruza da Silva, tinha 66 anos
(Foto: Divulgação/Facebook) 

Velocindo da Cruz Silva morava em distrito de 2 mil habitantes e teve contato com parentes que contrariam vírus em frigorífico 

A aflição, sentimento incomum a moradores do distrito de Montese, com menos de 2 mil habitantes, no município de Itaporã, distante 228 quilômetros de Campo Grande, marcou os últimos 14 dias de vida de Velocindo da Cruz Silva, 66 anos, a 23° vítima da covid-19, em Mato Grosso do Sul. Foram duas internações ao longo do período e a morte no dia seguinte a alta médica.



Febre, cansaço, tosse seca e dor de cabeça. Aos primeiros sintomas apresentados pelo idoso, no dia 25 de maio, a covid-19 era a primeira hipótese. Familiar de Velocindo, funcionária de frigorífico da JBS, localizado em Dourados, foi contaminada e acabou levando o vírus para cidade. A confirmação veio por teste de biologia molecular.

Com histórico de hipertensão, o idoso foi internado no dia seguinte, em tenda instalada, em frente ao Hospital Municipal Lourival Nascimento da Silva, em Itaporã. Ficou na unidade por uma semana, quando recebeu alta, após avaliação indicar melhora, sem qualquer esforço respiratório.

No dia 02 de junho, o idoso voltou a ser internado apresentando falta de ar, tosse e mal estar. Ontem, após passar por avaliação médica e aparente melhora do quadro clínico, Velocindo foi autorizado a voltar para casa. Por volta das 10h de hoje,  a família acionou o serviço de saúde para prestar socorro, mas o idoso já estava morto.



Segunda morte – Velocindo é a segunda vítima do novo coronavírus em Itaporã. A primeira foi, Maria Santana Aguiar, 63 anos, no último sábado. Moradora da zona rural da cidade, ela teve contato com a filha, que depois testou positivo para a doença, e com o genro, suspeito de ter contraído a doença.

Atualmente, o município, de pouco mais de 20 mil habitantes, contabiliza 67 casos confirmados da doença e esta entre as dez cidades do Estado com maior incidência da doença. Ao todo, 2.455 pessoas foram diagnosticadas com o novo coronavírus no Estado.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Postar um comentário

0 Comentários