Servidor público há 30 anos é preso em MS com 300 quilos de maconha em carro oficial da saúde indígena

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Servidor público há 30 anos é preso em MS com 300 quilos de maconha em carro oficial da saúde indígena

Momento da prisão na BR-163 (Divulgação, polícia)

Segundo a polícia, ele trabalha em Dourados, foi até a fronteira com o Paraguai pegar a droga e acabou flagrado em Campo Grande, onde iria descarregar o entorpecente.


Um servidor público federal há cerca de 30 anos foi preso na noite de terça-feira (26), em Campo Grande, com 300 quilos de maconha. Os tabletes da droga estavam em caixas de isopores, na carroceria da caminhonete oficial da Secretaria de Saúde Indígena, órgão para o qual ele trabalha.

A prisão foi feita pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco), após denúncia e investigação, quando o servidor de 54 anos chegava na capital sul-mato-grossense com o veículo oficial cheio de droga.



Conforme a Deco, o homem trabalhava na atenção à saúde indígena em Dourados e na tarde de terça-feira, quando estava em serviço, foi para Ponta Porã, região de fronteira com o Paraguai, carregou a caminhonete da Sesai com os tabletes de maconha e acabou preso quando chegava em Campo Grande para descarregar a droga.

Segundo a polícia, se não fosse preso, o servidor voltaria para Dourados, para seguir com o trabalho no decorrer da semana, e poderia voltar a transportar a droga, pois a investigação constatou que ele pegava entorpecente na fronteira para levar a Campo Grande já há "longa data". Com a prisão, o caso agora será investigado pela Polícia Federal.

Veículo oficial utilizado no transporte da droga (Divulgação, polícia)

Droga dentro de isopores (Divulgação, polícia)


FONTE: G1

Postar um comentário

0 Comentários