PRF prende contrabandista que não sabia nadar e ficou pendurado em ponte ao tentar fugir em MS

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

PRF prende contrabandista que não sabia nadar e ficou pendurado em ponte ao tentar fugir em MS

Contrabandista foi preso (Foto: PRF)

Outros quatro foram detidos e dois teriam pulado no rio Paraná

Ao menos 5 cigarreiros foram presos na manhã de segunda-feira (30), na divisa de Mato Grosso do Sul com o Paraná, região de Mundo Novo, a 462 quilômetros de Campo Grande. Eles saíram em comboio de seis carros de MS e tentavam atravessar para o estado vizinho quando foram interceptados e um chegou a ser detido no pilar da ponte Ayrton Senna, porque não sabia nadar e teve medo de pular no rio.

Agentes da Receita Federal de Mato Grosso do Sul, que atuam na região de Mundo Novo, acionaram a PRF (Polícia Rodoviária Federal) informando sobre o comboio de veículos que seguia sentido Guaíra (PR). O grupo estava em um Honda Civic, um Prisma, um Meriva, um Vectra, um Corolla e um Toyota Premio paraguaio.

Um dos veículos foi abordado na cabeceira da ponte Ayrton Senna e o motorista preso. Os outros cinco tentaram retornar para MS, sentido Mundo Novo, mas foram abordados. Três pessoas ainda foram presas em outros dois carros e três veículos foram abandonados já no meio da ponte.

Os policiais constataram que os motoristas teriam pulado da ponte e fugido a nado pelo rio Paraná. Momentos depois, com auxílio do Nepom (Núcleo Especial de Polícia Marítima) da Polícia Federal de Guaíra (PR), foi localizado um homem no pilar da ponte. Ele não sabia nadar e foi feito o resgate, lançando para ele um colete salva-vidas.

O homem foi orientado a pular, com instruções para que não se machucasse, foi resgatado e preso. Ao todo foram apreendidos nos veículos 50 mil carteiras de cigarros. Os presos foram levados para a Polícia Federal e responderão por contrabando.

(Foto: PRF)

FONTE: midiamax

Postar um comentário

0 Comentários