728x90

Naviraí tem o primeiro caso de COVID-19 confirmado

Ilustração

Na tarde de sábado dia(11) ocorreu por volta das 17:00 a confirmação do primeiro caso de COVID-19, no município de Naviraí.


Em entrevista ao representante da ANIP (Associação Naviraiense de Imprensa Profissional) José Luiz Bressa o gerente de saúde Wellington Santussi informou que " o casal veio da Espanha e teve como primeiro ponto de conexão são Paulo Paranaíba, em Paranaíba a vigilância epidemiológica após recebê-los e realizar todos os procedimentos necessários de prevenção a vigilância do município de Paranaíba ao ser informada sobre o destino final do casal, entrou em contato com a vigilância epidemiológica de Naviraí que tem como coordenadora a enfermeira Danila Queiroz, informando sobre a chegada de dois Brasileiros vindos da Espanha que viriam para Naviraí, apartir deste momento o casal foi levado até campo grande e a equipe de saúde de Naviraí, deslocou-se para buscá-los, em viagem não houve paradas para evitar contato com estranhos, uma vez que vinham de local com transmissão comunitária e naturalmente tratados como suspeitos desde o início, mesmo que não apresentassem sintomas, ao chegar no município o casal permaneceu em Isolamento domiciliar, onde foram notificados pela vigilância epidemiológica através da coordenadora Daniela juntamente com a polícia civil, a fiéis compulsoriamente em sua residência. Tal procedimento é realizado toda vez que alguém de fora do país retorna a sua origem , conforme orientação da organização mundial da Saúde (OMS)."

Ao ser indagado a respeito da confirmação do COVID-19 Wellington informou que "após 6 dias em isolamento domiciliar sob observação, ao apresentar os primeiros sintomas, o paciente de 44 anos foi encaminhado ao hospital municipal de Naviraí juntamente com sua esposa para internação, onde no mesmo dia foi realizada a coleta para o exame, cujo o primeiro resultado foi negativo, a esposa de 42 anos, passa bem e não apresenta sintomas, o rapaz teve uma leve piora em seu quadro clínico, mas está em estado instável e respirando sem ajuda de aparelhos, o que levou o corpo clínico a solicitar uma contraprova ao estado , a mesma foi realizada no 12° dia a partir de sua chegada que teve a positivação confirmada hoje, no 13° dia após sua chegada, a contraprova da esposa foi realizada e novamente deu negativo, frente ao caso os mesmos permanecem internados em isolamento e observação".

Diante deste acontecimento, o comitê de crise se reunirá novamente afim de traçar novas medidas para que o número de casos não aumente, solicitamos encarecidamente que a população se mantenha em casa e evite aglomerações e contato físico, para que ocorra o contigenciamento do COVID-19, finalizou Wellington Santussi. Fonte: Diário do interior

Link para acompanhamento dos boletins diários atualizados de segunda a segunda: http://www.coronavirus.ms.gov.br/

FONTE: Portaldoconesul

Postar um comentário

0 Comentários