728x90

Itaquiraí mantém medidas de contenção ao COVID-19 que estão dando certo

Prefeito Ricardo Fávaro, de Itaquiraí (Foto: Roney Minella)

Itaquiraí, sediado no cone sul do Estado é um dos municípios de MS que, por decisão do prefeito Ricardo Fávaro Neto (PSDB), está mantendo uma série de medidas que estão dando certo na contenção ao COVID-19.

O primeiro decreto, de nº 4642, começou a valer no dia 17 de março. De lá para cá outros decretos sobre as determinações de ações de prevenção ao coronavírus foram editados pelo Executivo Municipal, publicados e colocados em prática. Estão valendo, por exemplo, até o dia 30 de abril o “toque de recolher” e a reabertura do comércio, onde comerciantes e consumidores são orientados a cumprirem uma série de medidas específicas, sobretudo, de distanciamento social, higienização das mãos e vigilância sanitária.

As medidas decretadas, amplamente divulgadas, e colocadas em prática sendo em consonância com orientações da Secretaria de Estado de Saúde, Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde têm dado certo. “Não podemos descuidar das medidas de restrição e distanciamento social, com a orientação do fique em casa, principalmente para os idosos e pessoas com doenças crônicas que são dos grupos mais susceptíveis e vulneráveis devido à menor imunidade”, alerta o prefeito Ricardo Fávaro.

Ele acrescenta que está comprovado que o uso de máscaras também é importante como ação preventiva ao coronavírus. “Por isso, pedimos que as utilizem. Tudo isso nós pedimos, recomendamos e cobramos. Acreditamos que com estes cuidados conseguimos, até o momento, graças à Deus, evitar o registro desta doença em nosso município e vamos continuar desta forma até o dia 30 de abril, quando estaremos avaliando a situação daquele momento. Ainda não é hora de comemorar, pois, pessoas ainda estão sendo contaminadas e o COVID-19 continua circulando e fazendo vítimas fatais em municípios do interior do Estado”, destacou Fávaro.

Ao falar da situação atual, o secretário de Saúde de Itaquiraí analisa que a medida de flexibilização foi necessária. “Mas, mantemos as fiscalizações para que não haja relaxamento dos cuidados necessários. Enfatizamos que não só os comerciantes, e sim, toda a população precisa colaborar adotando as práticas possíveis e também não fazendo viagens desnecessárias. Este também não é o momento de se receber visitas, pois, assim estaremos abrindo brechas para a entrada do COVID-19 e todo o trabalho feito até agora pode ir por água abaixo. Não é isso que todos queremos”, afirma o secretário municipal de Saúde, Marcelo Batista Rosa, presidente do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus de Itaquiraí.

FONTE: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários