728x90

Morre primeira vítima do coronavírus em Mato Grosso do Sul

Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, anunciou primeira morte por coronavírus em MS nesta terça-feira — Foto: Graciela Andrade/TV Morena

Segundo a SES, a idosa teve contato com um familiar doente que veio da Bélgica.


Mato Grosso do Sul registrou nesta terça-feira (31) a primeira morte por coronavírus. Segundo a secretaria estadual de Saúde a vítima é uma idosa de 64 anos, moradora de Batayporã, no sudeste do estado, mas ela estava internada no hospital da Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul (Cassems), em Dourados.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, a paciente foi contaminada porque teve contato com duas irmãs que estiveram recentemente na Bélgia. Ele comentou que as irmãs foram testadas e uma deu positivo. As duas permanecem em Batayporã, sendo monitoradas.

Resende disse que a paciente tinha pneumopatia grave e uma doença pulmonal obstrutiva crônica. “Ela foi atendida no dia 16 de março e permaneceu internada até dia 23 de março em Nova Andradina. Ela retornou no dia 25 de março, já com quadro bastante grave da covid-19. Como no hospital não existiam equipamentos para ventilação mecânica ela foi transferida para o hospital de Dourados, onde chegou bastante grave e apesar de todos os cuidados da equipe médica que a assistiu morreu há pouco”, disse.

A Cassems divulgou nota oficial sobre a morte, em que lamenta a morte da paciente. Destaca que quando ela deu entrada em Nova Andradina já apresentava um quadro grave e que transferida para o Hospital da entidade em Dourados, permaneceu na UTI até está terça-feira.

Diz ainda que se solidariza com a família e disponibiliza rede de apoio como médicos e psicólogos.

Confira a íntegra da nota


Mantendo a transparência e as informações, a Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul - Cassems informa que nesta terça-feira, 31, infelizmente, uma paciente, de 64 anos, com quadro comprovado de COVID-19 veio a óbito no Hospital Cassems de Dourados.

A paciente, residente em Batayporã, deu entrada no Hospital Cassems de Nova Andradina já em quadro grave e foi transferida para o Hospital Cassems de Dourados, onde permaneceu internada na UTI até hoje.

Lamentamos e nos solidarizamos com a família, para a qual disponibilizamos nossa rede de apoio, com médicos e psicólogos. Informamos ainda, que todas as medidas preventivas e todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram devidamente seguidos.

Panorama do estado

Até a manhã desta terça-feira o estado tinha confirmados 44 casos de coronavírus e outros 51 casos suspeitos.

FONTE: G1

Postar um comentário

0 Comentários