728x90

Para não dividir cachaça, jovem mata outra com um amortecedor de moto em MS, diz polícia

Ilustração

Crime ocorreu em aldeia de Amambai no domingo (2) e suspeita foi presa pela Polícia Civil na tarde de segunda-feira (3).


A Polícia Civil prendeu na segunda-feira (3) uma indígena de 22 anos que é suspeita de ter matado uma outra índia, da mesma idade, usando um amortecedor de moto. O crime ocorreu na aldeia Amambai, na cidade homônima, em Mato Grosso do Sul, no fim da noite de domingo (2).

Segundo a Polícia Civil, as duas indígenas bebiam juntas, quando acabou a cachaça da vítima. Ele teria pedido um pouco da bebida da outra jovem, que se recusou a dividi-la. A vítima teria então tentando pegar a cachaça da outra mulher a força, que, por sua vez, reagiu e revidou golpeando a colega com um amortecedor de motocicleta por duas vezes.

De acordo com o titular da delegacia de Amambai, Caio Macedo, a Polícia Civil foi acionada pela liderança da aldeia em que as meninas moravam.

“Quando chegamos ao local do crime, identificamos que a vítima se encontrava sem vida no chão e que a autora havia fugido. Devido a área ser de difícil acesso, contamos com a ajuda da liderança para iniciar a busca imediata da suspeita”, disse o delegado.

Nesta segunda a suspeita foi localizada, escondida dentro da aldeia. Presa em flagrante, vai responder por homicídio qualificado por motivo fútil.

FONTE: G1

Postar um comentário

0 Comentários