728x90

Delegado preso por matar traficante boliviano em MS é flagrado com celular em presídio

Delegado e policial serão levados para a corregedoria, em Campo Grande — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Outros policiais e uma advogada presos na unidade também estavam com telefone. A mulher tinha ainda quantia em dinheiro acima do permitido.


Preso desde maio de 2019 por matar um traficante boliviano em Mato Grosso do Sul, o delegado de Polícia Civil Fernando Araújo da Cruz, foi flagrado com celular na cela em que ocupava, no Presídio Militar Estadual.

Por causa do flagrante, a Justiça determinou a transferência do delegado para uma das celas da 3ª Delegacia de Polícia Civil. Ele era o único policial civil na unidade, que é destinada a militares e advogados em regime fechado.

O telefone foi encontrado durante vistoria da Corregedoria da Polícia Militar. Outros presos também foram flagrados com celulares e uma advogada tinha ainda quantia em dinheiro acima do permitido no local.
Delegado de MS preso por homicídio tinha celular em presídio

Até a publicação desta reportagem a TV Morena não havia conseguido posicionamento da Polícia Militar nem da Polícia Civil.

Morte do traficante

O delegado e um investigador são apontados como assassinos de Allfredo Rengel Weber, de 48 anos. O traficante estava ferido a facadas e seguia para atendimento médico em Corumbá, em uma ambulância da Bolívia, quando o veículo foi abordado e ele acabou atingido por tiros.

Após atravessar a fronteira, a ambulância teria sido parada por outro carro próximo ao pedágio desativado, em frente à sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em seguida, um homem desceu, abriu as portas da viatura e fez os disparos contra o boliviano.

FONTE: G1

Postar um comentário

0 Comentários