COMPARTILHE


Homem que matou por dívida de R$ 100 lambeu sangue em facão, diz polícia

Vernardo Brite foi autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Vernardo Brite confessa ter esfaqueado dois ontem em Caarapó, mas nega ter lambido facão, cena presenciada por duas testemunhas

Vernardo Brite, 46, o homem que na noite de ontem (29) feriu um e matou outro a golpes de facão ao cobrar dívidas de R$ 10 e R$ 100, em Caarapó, a 283 km de Campo Grande, lambeu o sangue na lâmina depois de desferir o golpe mortal na barriga de Clodoaldo de Queiroz, 39.





De acordo com o delegado Anezio Rosa de Andrade, ao ser autuado em flagrante hoje na Polícia Civil, Vernardo negou ter lambido o sangue no facão, mas a cena foi presenciada por duas testemunhas que estavam na casa de Clodoaldo.

Conforme a investigação policial, na noite de ontem, Vernardo Brite e o irmão mais novo, João Arcelino Brite, 42, foram primeiro na casa de Odair Vilhalva Areco, 27, que lhe devia R$ 10.

Após breve discussão, Vernardo deu um golpe de facão no pescoço de Odair, que está internado em estado grave no Hospital da Vida em Dourados.





Em seguida os irmãos foram até a casa de Clodoaldo, também no bairro Planalto. Vernardo foi cobrar R$ 100 de Clodoaldo. Ele disse à polícia que tinham emprestado os R$ 10 a Odair e R$ 100 a Clodoaldo. Depois dos dois crimes, Vernardo foi para casa dormir. O facão foi encontrado embaixo do travesseiro dele.

Os dois irmãos foram presos ainda na noite de ontem pela Polícia Militar.

João Arcelino não foi autuado pelo assassinato e pela tentativa de homicídio. A investigação policial demonstrou que ele apenas acompanhou o irmão. Entretanto, ele estava sendo procurado pela Justiça por envolvimento em outro homicídio e também ficou preso.

Curta nossa Pagina e fique por dentro de tudo que acontece em Itaquirai, Região, Brasil e Mundo!
Fonte: Campo Grande News

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE