COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Menina de 6 anos é abusada, torturada e morta por pai e madrasta que alegam: ‘corretivo’


Um bárbaro crime ocorrido no Rio de Janeiro está chocando o país. A Polícia Civil apura a morte de uma menina de apenas seis anos de idade, que foi levada para o Hospital Naval Marcílio Dias, na Zona Norte da capital fluminense. O fato aconteceu na tarde desta sexta-feira (2).





Ao dar entrada na unidade de saúde, a criança estava acompanhada de seu pai e sua madrasta. Entretanto, os médicos nada puderam fazer, pois ela já chegou morta, repleta de hematomas pelo corpo; e com sinais de abuso.




Dentro do hospital, o pai pediu que os policiais o prendessem pela morte da filha, pois temia que fosse linchado ao sair do local. Do lado de fora, cerca de 15 pessoas o aguardavam, querendo fazer justiça com as próprias mãos.





A criança apresentava sinais de desnutrição e estava com uma das orelhas cortadas. Além disso, pelo seu corpo haviam várias marcas de tortura, incluindo ferimentos profundos decorrentes de espancamento a partir do uso de uma corrente de ferro. Não bastassem as agressões, os médicos constataram sinais de abusos.




O pai deu duas versões para os policiais sobre a morte da própria filha. Primeiro, afirmou que a garota estava de castigo, depois de ter recebido o que ele chamou de “um corretivo“, quando teria parado de respirar. Em seguida, contradizendo-se, afirmou que a criança havia morrido em decorrência de uma pancada na cabeça.





Além disso, ele afirmou aos militares que estava com a guarda da criança havia seis meses. Isso porque a mãe da menina também já havia sido indiciada por casos de abusos contra ela.

Curta nossa Pagina e fique por dentro de tudo que acontece em Itaquirai, Região, Brasil e Mundo!
Fonte: Metropoles

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE