COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Jogador deixa time da Série D após invasão a alojamento e ameaça de morte.

Meia Marlos (esq.), do Corumbaense-MS [Imagem: Reprodução/Facebook]

Três homens, um deles armado, invadiram o alojamento do Corumbaense-MS, time que disputa a Série D do Campeonato Brasileiro, na manhã de ontem. Eles estavam atrás do meia Marlos, que discutiu com torcedores após a derrota por 2 a 0 para o Iporá-GO, no sábado. Depois do episódio, ele deixou o clube e a cidade de Corumbá (MS).





Segundo apurou o UOL Esporte, Marlos fez gestos obscenos e discutiu com alguns torcedores, que o juraram de morte. Na manhã seguinte, três homens invadiram o alojamento do time sul-mato-grossense atrás do meia, que, por sorte, estava com a porta de seu quarto trancada e não foi encontrado.

"Eles invadiram o alojamento armados e, graças a Deus, meu quarto estava trancado. Eles entraram em todos os quartos, e o meu era o único que estava trancada. Ele mostrou o revólver cheio de bala [a um companheiro]: 'isso aqui é para o Marlos, fala que a gente vai voltar mais tarde para pegar ele'", afirmou em entrevista à TV Morena, de Mato Grosso do Sul, afiliada à Rede Globo.





O jogador do Corumbaense - que foi substituído no começo do segundo tempo da partida - falou ainda sobre a discussão que teve com torcedores no estádio Arthur Marinho, em Corumbá (MS).

"Estavam me chamando de vagabundo, de vários nomes, e falaram que iam me pegar lá fora. A única coisa que eu fiz é que eu falei que estaria lá fora esperando", acrescentou.

O Corumbaense confirmou a saída de Marlos e disse que ainda hoje será registrado um boletim de ocorrência. Uma nota oficial também será divulgada pelo clube. O caso já está sendo investigado pela polícia local, que ainda não confirma se os três homens eram torcedores do time.





Apesar da crise financeira e dos dois meses de salários atrasados, o Corumbaense sofreu apenas a sua primeira derrota na Série D. Antes disso, havia vencido o Palmas Ltda-TO em casa (3 a 2) e empatado com o Sinop-MT (1 a 1), líder do grupo, como visitante.

Veja nota oficial do clube:

O Corumbaense lamenta o episódio ocorrido nas dependências do alojamento dos atletas do Clube na manhã deste domingo (19), quando três elementos, um deles armado com um revólver, teriam invadido o local, rendido o atleta Fabinho e feito ameaças aos demais jogadores, em especial ao atleta Marlos, que não foi encontrado pelo trio no momento da ação.





A diretoria reforça que repudia todo e qualquer ato de violência contra os atletas do clube e já tomou providências no sentido de buscar junto às autoridades policiais, a identificação e punição deste ato criminoso. Um boletim de ocorrência foi registrado e em análise de imagens obtidas pelo clube os suspeitos foram inclusive apontados e serão investigados pelo órgão competente.

A diretoria comunica ainda que vem prestando o apoio necessário aos jogadores e que em respeito ao sentimento do atleta Marlos, aceitou o pedido de desligamento do mesmo que já se encontra junto a sua família.





Sabemos do amor e paixão dos nossos torcedores pela camisa do Corumbaense e temos a certeza que a atitude tomada por estes indivíduos não faz parte do sentimento que sempre esteve presente no relacionamento entre o clube e nossa pacífica torcida.


Fonte: Uol

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE