COMPARTILHE


Carro usado por pistoleiros em chacina na fronteira é encontrado incendiado

Divulgação

Veículo também teria sido usado em assassinato de médico em abril deste ano

A camionete, de cor branca, que teria sido usada em uma chacina, onde seis pessoas foram assassinadas com tiros de fuzil, no dia 22 de maio deste ano, foi encontrada incinerada na madrugada desta terça-feira (28).





A polícia paraguaia acredita que o carro também teria sido usado no assassinato do médico Sandro Lugo de 45 anos, que estava na pista de motocross – os filhos praticam o esporte – e acabou morto durante o ataque, no dia 27 de março deste ano.





O alvo do ataque seria Fernando Olmedo, que tinha ligações com o narcotraficante Jorge Toumani Raffat – ele era ex-piloto de Rafaat. Fernando foi atingido por projéteis da bala nas costas, sendo socorrido e levado para atendimento médico, segundo o site Amambay a Hora.





A camionete também teria sido usada no ataque ao narcotraficante Nelson Quintana Caballero de 39 anos, no dia 16 de maio deste ano. Nelson estaria ligado ao grupo de Ederson Salinas Benites de 29 anos, que é da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). O grupo disputa o território do controle da comercialização de drogas depois da prisão de Jarvis Pavão, que controlava a fronteira.





O ataque, as seis vítimas, aconteceu por volta da 00:30 do dia 22, quando sem dizer nada, os pistoleiros abriram fogo contra todos que estavam em frente à casa. Morreram Diego Gustavo Cabrera de 24 anos, Sergio Cabrera Benitez de 20 anos, Alcides Alexis Ayala, de 26 anos; Pedro Valdez de 36 anos e Liz Cabrera Benitez de 16 anos. O bebê foi atingido de raspão e levado para um hospital da cidade e não corre risco de morte. Ao todo foram efetuados 58 disparos contra as vítimas.


Fonte: Mídia Max

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE