COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Vereador de MS é suspeito de agredir ex-mulher e ameaçar divulgar fotos íntimas dela em redes sociais

Ilustração

A ex-mulher de um vereador procurou a polícia denunciando agressões e ameças de morte, além de ter fotos íntimas divulgas em redes sociais em Corumbá, 428 km de Campo Grande. De acordo com a polícia, Antônio Rufo Sant'anna Vinagre, que está licenciado do cargo para atuar como diretor-presidente da Fundação de Turismo na prefeitura de Corumbá, está sendo investigado por violência doméstica.





Em um boletim de ocorrência feito pela ex-esposa, há relatos de ameaças de morte. Ainda segundo a ocorrência, o vereador teria enviado fotos íntimas dela para familiares, ameaçando divulgá-las em redes sociais. O pai da vítima, em depoimento à polícia, conta que a filha sempre sofreu agressões verbais do ex-companheiro e que também se sente ameaçado pelo suspeito.





O vereador licenciado disse que irá consultar a defesa para posicionar-se, mas que "está tranquilo em relação às suspeitas". A prefeitura, onde ele é lotado atualmente, informou que não foi comunicada oficialmente sobre o caso pela Justiça.
Vereador é suspeito de agredir e fazer ameaças de divulgar fotos íntimas de ex-mulher, em Corumbá (MS). — Foto: Reprodução/TV Morena





A vítima relatou à polícia que em 2018 o casal chegou a separar-se, mas retomaram o casamento em junho porque, de acordo com a mulher, o vereador a teria ameaçado dizendo que, se não o fizesse "iria ter morte".





Uma nova separação aconteceu em janeiro deste ano quando, aproveitando uma viagem do marido, a mulher mudou-se da casa, veio até a capital onde procurou a polícia e pediu medida protetiva.





Em fevereiro um novo boletim foi registrado. De acordo com a vítima, o atual secretário teria tentado atropelar a vítima e perseguido a mulher de carro pela cidade. A Justiça suspendeu o direito de Antônio visitar os filhos e decretou a medida protetiva em favor da vítima. O caso segue em segredo de Justiça, investigado pela Delegacia da Mulher de Corumbá.


Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE