COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Mecânico que matou a mulher com panela elétrica de arroz em MS entrega-se à polícia

Polícia Civil investiga paradeiro do marido suspeito de matar mulher com panela elétrica de arroz em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

O mecânico de 52 anos, que segundo a polícia, matou a mulher após bater com uma panela elétrica de arroz na cabeça dela, entregou-se no início da tarde desta segunda-feira (1) em Costa Rica, a 347 km de Campo Grande.





"Eu vou ouvi-lo hoje à tarde, mas em uma conversa rápida no momento da entrega ele disse que estava muito nervoso e que 'perdeu a cabeça' quando matou a esposa", disse o delegado responsável pelo caso, Alexandro Mendes.

O delegado disse ainda que vai pedir ainda nesta segunda a prisão preventiva do mecânico. Ele era considerado foragido da Justiça e uma força-tarefa havia sido montada para capturá-lo.





Entenda o caso
Nesse domingo (31), segundo a polícia, o mecânico assassinou a mulher, de 41 anos, em Chapadão do Sul, a 333 km de Campo Grande. O homem usou uma panela elétrica de arroz para ferir a vítima na cabeça, além da suspeita de asfixia.





"Ele tinha saído da cadeia no dia 18 de fevereiro, preso por violência doméstica contra a esposa e ainda está em situação flagrancial. Estamos fazendo inúmeras diligências, contando com policiais da região que estão empenhados em localizá-lo. É uma pessoa que já tinha esse histórico, ao menos duas prisões do tipo. Quando chegamos no local, o Corpo de Bombeiros já estava tentando reanimar a vítima, porém ela não resistiu", afirmou o delegado.





Ainda conforme o delegado, o suspeito "tem uma personalidade agressiva". "Nos registros da polícia consta que ele é uma pessoa violenta, possui oito ocorrências por ameaças, vias de fato e lesão corporal, das quais cinco são por violência doméstica. Além disso, o homem já autuado em flagrante por três vezes, sendo todas com base na lei Maria da Penha: duas lesões corporais e um descumprimento judicial de medida protetiva", finalizou.

Fonte: g1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE