COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Suspeito de assassinar pai e filho em briga de terreno é preso em assentamento

Ângelo foi preso na noite desta quinta-feira (Foto: Divulgação)

Um dos suspeitos de assassinar pai e filho, durante discussão por causa da limpeza de um terreno, foi preso nesta quinta-feira (28) em Sidrolândia – cidade a 71 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu no dia 10 de fevereiro no Portal Caiobá.






Conforme informações do delegado Diego Dantas Santos, titular da Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia, equipes do SIG (Setor de Investigações Gerais) receberam informações de que o suspeito estava escondido em um dos assentamentos da cidade. Na tarde de ontem, os policiais conseguiram encontraram Ângelo Demisque Siqueira.

O homem, de aproximadamente 50 anos, estava escondido na casa da irmã, no Assentamento Capão Bonito II. Ele e o irmão, que não teve a identidade divulgada, são apontados por testemunhas como os autores do assassinato de Carlos Mendes Figueiredo, de 42 anos e o filho Bruno Pierri Figueiredo, de 22 anos.

Ângelo já estava com a prisão preventiva decretada e nesta sexta-feira (29) veio transferido para Campo Grande, onde deve prestar depoimento na 6ª Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar o caso.






Entenda - Carlos Mendes Figueiredo, de 42 anos e o filho Bruno Pierri Figueiredo, de 22 anos, foram assassinados a tiros após uma discussão por causa da limpeza de um terreno. Ao Campo Grande News a família contou que o crime aconteceu no local em que o rapaz começaria uma nova vida com a namorada e a filha, de 3 anos.

Para começar as obras no terreno, o casal foi ao local na tarde do dia 10. Juntos, limparam o local, juntaram o mato e mais tarde voltaram para atear fogo. A situação incomodou os vizinhos e um deles, começou a reclamar.

A discussão começou apenas com o rapaz e um dos vizinhos, mas logo dois irmãos que moravam na casa que fica a esquerda do terreno entraram na briga. A confusão aumentou e Bruno ligou para o pai, que chegou pouco depois com a filha mais nova, de 10 anos. Assim que ele desceu do carro, um dos irmãos fez o primeiro disparo. Foram pelo menos seis tiros.






Depois de matar Carlos e o filho, os dois irmãos fugiram em um Chevrolet Celta prata, que estava parado em frente à casa deles. Além de ver a morte do pai e do irmão, a menina de 10 anos ainda foi ameaçada por um terceiro envolvido.


Fonte: Campo Grande News

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE