COMPARTILHE


Suspeito de agredir e manter ex-namorada de 16 anos em cárcere privado é preso em Manaus

Jovem de 16 anos teve cabelo raspado por ex-namorado durante cárcere privado — Foto: Divulgação/PC

Um industriário de 31 anos foi preso, nesta segunda-feira (18), suspeito de agredir e manter em carcere privado por dois dias sua ex-namorada, uma adolescente de 16 anos. O caso ocorreu no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus. Além das agressões, a jovem também teve seu cabelo raspado.





O crime foi registrado dia 10 de março deste ano. De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializa em Crimes contra a Mulher - Anexo (DECCM - Anexo), Marília Campelo, o casal ficou junto por cerca de dois anos, mas estava separado desde o último mês.

"Embora menor de idade, ela já convivia com o autor há dois anos. Ele se encontraram em uma festa no dia 9 de março. Nessa festa, ficaram juntos e ela foi para a casa dele - ainda, por vontade própria. Chegando na casa dele, começou uma discussão e o suspeito queria que a vítima confessasse uma suposta traição", explicou.





Foi a partir da suposta confissão que o suspeito começou a agredir a vítima. "[Agredia] de todas as formas. Ele não deixava ela ir embora". Em um determinado momento, o homem disse que só deixaria a jovem ir embora da casa dele se fosse sem roupa.
Suspeito foi apresentado na manhã desta terça-feira (19) — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

"A jovem, no ato de desespero, chegou a tirar a roupa inteira para poder sair de lá. Quando ele viu que ela seria capaz de fazer isso, ele puxou a adolescente pelos cabelos para dentro do quarto e continuou as agressões".
Ainda segundo a delegada, a vítima foi agredida durante todo o último dia de cárcere. Foi quando a menor de idade teve todo seu cabelo raspado.





"Num último ato de total desprezo à vida e à feminilidade da mulher, ele cortou todo o cabelo dela".
Adolescente foi agredida durante dois dias — Foto: Divulgação/PC

O pai da vítima, um homem de 44 anos, então, conseguiu resgatá-lá do cárcere privado. Foi ele quem a acompanhou até a delegacia.

Na residência do suspeito, moram também dois irmãos dele que devem ser ouvidos pela polícia.





O ex-namorado foi indiciado por cárcere privado e lesão corporal. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) onde vai ficar a disposição da Justiça.


Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...

DOE E AJUDE A MANTER O SITE