COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Bolsonaro continua com sonda, fez tomografia e segue sem complicações, diz boletim médico

Bolsonaro continua com sonda, fez tomografia e não tem complicações neste domingo (3) — Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro continua usando uma sonda nasogástrica aberta, mas apresenta evolução clínica estável, de acordo com boletim médico divulgado neste domingo (3). Ainda de acordo com o documento médico, o presidente está sem dor e sem sinais de infecção.





O presidente passou por uma cirurgia para a retirada de uma bolsa de colostomia e a ligação entre o intestino delgado e parte do intestino grosso na segunda-feira (28). Ele que está no sexto dia de internação após cirurgia realizada no Hospital Israelita Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo.

Ainda de acordo com o boletim médico, Bolsonaro foi submetido a uma tomografia de abdome que descartou complicações cirúrgicas. Ele está em jejum oral e nutrição parenteral exclusiva. O presidente "realiza fisioterapia respiratória e motora no quarto e segue com as medidas de prevenção de trombose venosa".
Bolsonaro continua com sonda, fez tomografia e não tem complicações neste domingo (3) — Foto: Reprodução

No sábado (2), os médicos precisaram colocar uma sonda nasogástrica após o presidente ter náuseas e vômito.





Na manhã deste domingo, Carlos Bolsonaro, filho do presidente, escreveu em uma rede social que Bolsonaro tinha acordado "bem e animado". O texto foi replicado pelo presidente em sua conta na rede social.

"Hoje meu pai acordou bem e animado! Agradeço aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e todos os envolvidos em sua melhora! Pela manhã só notícias boas! Muito obrigado a todos pelas orações e carinho! Um forte abraço a todos e até mais tarde!", escreveu Carlos.

Recuperação
Na sexta-feira (1), Bolsonaro divulgou um vídeo, em sua conta no Twitter, em que aparece chorando ao assistir a uma dupla cantando "Evidências", de Chitãozinho e Chororó.

Também na sexta, o presidente fez sua primeira vídeoconferência no gabinete provisório montado no hospital. A reunião foi com o ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Heleno.





Em coletiva nesta quinta, o porta-voz, Otávio do Rêgo Barros, disse que o presidente estava tentando se manter sem falar, mas a recomendação médica é difícil de ser acolhida por Bolsonaro. “O presidente é difícil, ele está falando já. A despeito do médico dizer para ele ficar calado, ele já está falando.”

“Hoje [ontem] ele despachou tête-à-tête com o doutor João. Eu diria que ele vem tentando se adaptar-se à essa recomendação, mas o espírito dele é liderar pelo exemplo, pela conversa, pela convicção daquilo que vem pondo aos seus ministros. Eu tenho de reconhecer que é difícil e ainda ele se domina nessa questão de falar, mas tem procurado atender aos ditames que os médicos lhe impõem”, completou.
Bolsonaro em reunião por vídeoconferência direto do hospital com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Heleno — Foto: Divulgação/Presidência da República

Sobre a melhora do quadro clínico de Bolsonaro e a possibilidade de ele já ter conversado com algum ministro, Barros disse que o presidente “não fez videoconferência e ao menos que eu saiba ele não conversou com ministros hoje. Mas no próprio quarto já conversa com a esposa, com os filhos e assessores.”


Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...