COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar ������

Polícia Civil prende dois por estupro de adolescente indígena em Corumbá

Foto Ilustração

Na tarde desta quinta-feira (17), Policiais Civis de Ladário promoveram diligências visando localizar os autores de um recente estupro ocorrido na cidade, culminando com o cumprimento de dois mandados de prisão preventiva expedidos pela 2ª Vara Criminal de Corumbá. Em patrulhamento, o primeiro envolvido identificado como GENESIS PÊSSOA ROJAS (18) fora encontrado nas proximidades do Bairro Ernesto Sassida, Corumbá.

Em continuidade com as diligências, a equipe policial encontrou o segundo envolvido, identificado com o JOSUE DE SOUZA CRISTALDO (19) na casa de familiares no Assentamento 72, Ladário. Após as prisões, ambos foram submetidos a exame de lesões corporais, interrogados e encaminhados ao Estabelecimento Penal.





Entenda o caso:

No dia 01/01/2019 registrou-se Boletim de Ocorrência aonde os comunicantes narraram que se encontravam em um balneário na “Estrada da Codraza” e ao retornarem para a cidade encontraram a vítima (indígena de 16 anos de idade) chorando com as roupas rasgadas e sujas dizendo que fora “violentada por um amigo do seu marido a mando deste”.

Segundo conta na ocorrência, a vítima estava voltando a pé com o marido JOSUE DE SOUZA CRISTALDO (19) e um amigo conhecido por GENESIS PÊSSOA ROJAS, vulgo MOSTRINHO (18) do porto geral da cidade de Corumbá até a casa onde vive com o marido no assentamento 72 em Ladário. Em determinado momento, JOSUÉ parou em um local da estrada que possui uma construção abandonada e chamou a vítima.

A vítima atendeu ao chamado, e adentrou na construção abandonada, quando o mesmo abaixou a calça e mandou que a vítima fizesse o mesmo. Diante da situação a vítima começou a chorar quando então JOSUE vestiu as calças e chamou GENISIS dizendo “ela é toda sua”, oportunidade que GENESIS passou a violentar a vítima ordenando que fizesse sexo oral e vaginal. Após o ato, os autores se evadiram rumo ao sítio no Assentamento 72.





Imediatamente após o registro da Ocorrência, o Delegado Titular de Ladário, Dr. Rodrigo Blonkowski ordenou instauração de Inquérito Policial e a realização de diligências visando identificar e qualificar os autores. Com base nas informações repassadas pelo Setor de Investigações da Unidade de Ladário, a Autoridade Policial representou pelas prisões preventivas dos indivíduos, e após a chancela do Ministério Público, foram deferidas pelo Douto Juízo da 2ª Vara Criminal de Corumbá.





“Casos envolvendo violência doméstica tem grande incidência na cidade de Ladário/MS. Todavia, estupros não são casos comuns na cidade. O caso em apreço chamou muito a atenção pelo modus operandi e a pouca idade dos envolvidos. A Polícia Civil de Ladário se encontra atenta e a disposição de toda a população ladarense”, frisou Blonkowski

Fonte: Redação

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...