COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Técnico de laboratório é detido em Campo Grande pela suspeita de armazenar material de pornografia infantil

Policiais civis levam homem detido na operação Luz da Infância 3 a delegacia em Campo Grande — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Ele foi detido durante a operação Luz da Infância 3, que está sendo realizada nesta quinta-feira em Mato Grosso do Sul e outros 17 estados, além do Distrito Federal e Buenos Aires, na Argentina.


Durante a operação Luz da Infância 3, contra a pornografia infantil, que está sendo promovida simultaneamente por policiais civis de Mato Grosso do Sul e outros 17 estados, além do Distrito Federal, um técnico de laboratório de 37 anos foi detido em Campo Grande.





Ele foi levado para a Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao adolescente (Depca) para prestar esclarecimentos.

Segundo a polícia, na casa dele, em Indubrasil, região oeste de Campo Grande, foram encontrados computadores, celulares e um pen drive, com suspeita de conter material de pornografia infantil, Tudo vai para perícia.





O técnico foi um dos alvos da operação. Desde o início da manhã os policiais foram para as ruas para cumprir seis mandados de busca e apreensão, sendo três para Campo Grande e o restante para Iguatemi e Jardim.

De acordo com a polícia, outro alvo da ação foi um técnico em contabilidade e funcionário da Câmara Municipal de Jardim. Ele foi detido também em Campo Grande.

Operação nacional

As ações estão sendo realizadas em 18 estados e no Distrito Federal. Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos também em Buenos Aires, na Argentina, em uma parceria com a Polícia Brasileira, que indicou alvos naquele país.





Na etapa anterior da operação, em maio deste ano, foram presos pelo menos seis pessoas em Campo Grande e no interior. Todos por suspeita de armazenar e compartilhar material de pornografia infantil.

Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...