COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Secretário de obras de cidade de SP é preso por pegar trator do governo paulista e usar na fazenda dele em MS

Trator foi apreendido na fazenda de secretário em MS e devolvido para município em SP — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil de Brasilândia, a 374 km de Campo Grande, prendeu por crime de peculato, o secretário de obras do município de Nova Independência (SP), Thiago Joanini, 34 anos, e o servidor público municipal Edcarlos de Salis, 50 anos. A ação ocorreu após denúncia, de que o secretário estaria desviando o maquinário para usar na fazenda dele. Houve mandado de busca e apreensão e o flagrante ocorreu nesse sábado (29).





Antes das prisões, os policiais fizeram buscas e encontraram o trator no local, inclusive com adesivo do governo, fazendo serviços em uma pastagem da fazenda do político. O delegado Thiago Passos, responsável pelas investigações, então pediu o mandado e o cumpriu com a equipe durante a tarde.

No momento do flagrante, os policiais constataram que o trator estava sendo operado pelo servidor público e que este estava sendo supervisionado pelo secretário do obras. Ao ser questionado, ele ressaltou que "tinha amplos poderes para usar o maquinário de sua pasta em serviços de qualquer natureza e também alegou que iria recolher aos cofres públicos os valores gastos com a utilização do trator", conforme a polícia.





"A pena para o crime é de até 12 anos e não cabe fiança. O secretário e o servidor devem passar por audiência de custódia entre hoje e amanhã. Ambos não tinham passagens pela polícia. Ambos afirmam que tinham usado somente ontem, porém, temos informações que pegaram o equipamento há cerca de 4 dias e utilizaram neste período. As pessoas precisam entender que patrimônio público não deve jamais ser confundido com algo particular", ressaltou ao G1 o delegado.





Houve voz de prisão e ambos foram encaminhados para a delegacia de Brasilândia. Já o trator foi devolvido para o município de Nova Independência. Uma cópia do inquérito deve ser encaminhada ao Ministério Público (MP) para apuração de improbidade administrativa.

Trator apreendido na fazenda de secretário em MS estava sendo usado há cerca de 4 dias, diz polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação



Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...