COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Dourados - Morre bebê que foi salva por policial em atendimento por telefone

A policial Marta durante atendimento à mãe da menina, foi levada para o Hospital da Vida em Dourados (MS), mas não resistiu. — Foto: Polícia Militar / Divulgação

A criança de 4 meses de idade que foi salva na manhã dessa quinta-feira (4), em Dourados, região sul de MS, após a mãe ligar para a Polícia Militar e pedir ajuda, não resistiu e morreu no início da tarde. Segundo a polícia, a bebê sofria de epilepsia e apneia.





De acordo com a mãe da criança, Tais Feijó Martins, Agatha teve uma parada respiratória no Hospital da Vida. Taís explica que após receber as instruções da Cabo Marta pelo telefone, a bebê foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Taís conta que a equipe médica de emergência tentava uma vaga em dois hospitais da cidade, Santa Rita e Evangélico. Ela alega que tem plano de saúde e que as duas unidades não aceitaram receber a criança porque não havia pediatra nas unidades para atendê-la. A família não registrou boletim de ocorrência.





Por telefone, a atendente do Samu informou que por conta da troca de plantões, a equipe que fez o atendimento não se encontrava para confirmar o motivo da recusa por parte dos hospitais.

O G1 entrou em contato com o hospital Santa Rita, de Dourados, que informou não poder posicionar-se antes de levantar informações. O hospital Evangélico alega que vai apurar o corrido.





Segundo a cabo Marta, policial que atendeu a ligação da mãe, o médico do Samu informou que os dois hospitais de fato recusaram atender a criança e por isso foram para o hospital mais próximo, onde ela morreu.

"Depois que eu a instrui, ela disse que a menina melhorou, nesse tempo falei com a médica do Samu, que já estava no local. Ela informou que a criança estava sem respirar novamente, eles conseguiram estabilizar ela lá, mas que ela voltou a passar mal, e aí foram para o hospital. Dois deles negaram e então eles foram para o Hospital da Vida. Fiquei triste por saber que ela não resistiu".





O corpo da bebê está sendo levado para a cidade de Capão do Leão (RS) onde a criança será velada e enterrada.

Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...