COMPARTILHE



Loiríssima, Bruna Marquezine mostra resultado para Neymar e ele fica em choque; assista ao vídeo
Cabelo loiro de Bruna Marquezine é uma farsa, verdade vem à tona e deixa todos perplexos

Vendedor de picolé é preso suspeito de estuprar criança de sete anos em Campo Grande

Caso está sendo investigado pela Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente

Criança e avó sempre iam até a residência do suspeito para comprar picolé. Menina alega ter sido obrigada a fazer sexo oral no homem, segundo o TJ-MS.

Um vendedor de picolé de 53 anos foi preso preventivamente nesta segunda-feira (30) suspeito de estuprar uma menina de sete anos em Campo Grande no sábado (28). A prisão foi decretada pelo juiz plantonista Juliano Rodrigues Valentim durante audiência de custódia.





Conforme as informações preliminares do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), o suspeito foi flagrado pela avó da menina enquanto praticava o abuso contra a menor. Ambas foram até a residência dele para comprar picolé.

Enquanto conversava com a esposa do suspeito, a avó percebeu que a menina havia desaparecido. Foi neste momento em que ela flagrou o homem beijando a boca da neta e com uma das mãos por dentro da calça da criança.




A menor confessou à mais velha que o homem abusava dela todas as vezes que ia até a residência para comprar picolé. Disse, inclusive, que era obrigada a fazer sexo oral no suspeito, de acordo com o TJ-MS.

A família acionou a polícia e denunciou o homem. Por sua vez, o suspeito confessou o beijo, mas nega as acusações de praticar sexo oral com a menina.





O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) da capital.

O delegado responsável Fabio Sampaio disse ao G1 que a ocorrência chegou nesta segunda-feira e que estuda a possibilidade de ouvir mais pessoas. Também comentou que as investigações já começaram a ser realizadas.

Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...