COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Nova-andradinense é executado a tiros na cidade paraguaia de Capitán Bado

Caso de homicídio deverá ser investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai - Imagem: Porã News

O nova-andradinense Edinei Pedroso de Moraes, conhecido como “Cupim” ou “Neno”, apontado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) como um dos principais cabeças da quadrilha que usava carros de luxo para transportar maconha - organização criminosa desmantelada pela Operação Dublê, em novembro de 2014 -, foi executado a tiros na tarde desta segunda-feira (07).





A morte ocorreu em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS). Edinei, que utilizava uma cédula de identificação em nome de Hugo Fernandes de Oliveira, transitava, por volta das 14h30 em um veículo Fiat Toro quando foi interceptado por um pistoleiro que estava a bordo de uma motocicleta. O autor efetuou vários disparos de pistola 9mm contra o brasileiro que faleceu antes mesmo de receber atendimento médico.





Após os trabalhos de praxe o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico, à espera dos familiares. A polícia acredita que a vítima tenha sido executada em um acerto de contas, mas não descarta nenhuma hipótese. O assassinato será investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai. Ex-agricultor familiar que morava em um assentamento rural no município de Nova Andradina, "Cupim" ou "Neno" tinha contra ele três mandados de prisão decretados pela Justiça de Mato Grosso do Sul. Ele também era procurado pela Interpol, a polícia internacional.
Ex-agricultor familiar morava anteriormente em um assentamento rural no município de Nova Andradina - Imagem: Arquivo / Nova News / PC


Fonte: Nova News

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...