COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Condenado a 65 anos de prisão, integrante do PCC é morto a tiros de fuzil

Audi Q3 em que Galo foi morto está em pátio de delegacia do Tatuapé, zona leste de SP. Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo

Um homem foi morto com tiros de fuzil dentro de um carro blindado no Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo, na noite desta segunda-feira (23). Os criminosos dispararam, pelo menos, 70 vezes contra o veículo da vítima.





Claudio Roberto Ferreira, conhecido como Galo, estacionou na Rua Coelho Lisboa, por volta das 23h, quando dois carros pararam ao lado. De acordo com testemunhas, alguns homens desceram com fuzis nas mãos e dispararam diversas vezes. O carro ficou todo perfurado dos dois lados.

Segundo a Polícia Civil, Galo era integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Ele levou tiros nos braços, nas pernas e na cabeça, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.




A vítima era procurada pela polícia e já tinha sido condenada há 65 anos de prisão por um roubo a banco em Guarulhos em 2008. Claudio deixou a prisão após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter concedido um habeas corpus em 2015. No entanto, o HC foi revogado e ele não se apresentou à Justiça e passou a ser foragido.





De acordo com a polícia, a vítima estava com um documento falso quando foi morta. O caso foi registrado no 31º, na Vila Carrão. A polícia investiga o caso como execução.



Fonte: G1

Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...