COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

PRF prende em SC policial militar do MS com 104 quilos de crack

Droga estava escondida dentro da lataria de uma caminhonete com placas de Curitiba (Foto: PRF/ Divulgação)

Um policial de 40 anos foi preso com 104 quilos de crack dentro do carro na BR-101, em Itapema, Litoral Norte catarinense. A apreensão foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na quinta-feira (9) e contou com a ajuda de cães farejadores.




Segundo a PRF, o motorista era cabo da PM de Mato Grosso do Sul. A droga estava sendo transportada da cidade de Ponta Porã (MS) para o Litoral Sul de Santa Catarina. No momento da abordagem, o homem estava com a mulher e o filho.

Cães da Polícia Militar colaboraram na ação para localizar a droga (Foto: PRF/ Divulgação)





A carga de crack foi encontrada dentro de um fundo falso de uma caminhonete com placas de Curitiba (PR). Cães da PM ajudaram a encontrar a droga, que estava escondida na lataria do veículo. O homem foi conduzido para Delegacia de Polícia Civil de Itapema, onde foi autuado em flagrante por tráfico.

Posição da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul

A Polícia Militar informou que o cabo Abrãao Messias "está sob dispensa médica e foi considerado incapaz definitivamente para o serviço policial militar, conforme parecer da Junta Médica de Saúde da PMMS". 

A PM ainda afirma que o processo de reforma do PM, que significa afastamento definitivo por motivo de saúde, está em andamento. 

"O Comando da PMMS irá abrir procedimento administrativo para apurar os fatos da referida prisão e, ao final, tomar as medidas administrativas pertinentes conforme previsão nas legislações vigentes na corporação". 

Messias ingressou na polícia de Mato Grosso do Sul em agosto de 1998 e conta com 19 anos e 8 meses de serviço.




Fonte: G1




http://www.itaquirainews.com/p/blog-page_8.html
Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...