COMPARTILHE


PMA salva dois pescadores que naufragaram em corredeira do rio Iguatemi

Foto: Divulgação/PMA

Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo realizavam fiscalização terrestre nas propriedades rurais do município de Tacuru no sábado (2) às 7h00, nas proximidades do rio Iguatemi e, em uma fazenda, localizaram um acampamento de pesca às margens do rio. No momento em que foram ao local para fiscalizar o acampamento, verificaram uma embarcação com duas pessoas, que tentavam atravessar uma corredeira com forte correnteza e rochas aparentes, virar ao bater nas rochas.

A embarcação afundou e os homens que estavam sem coletes salva-vidas caíram na água. Mais grave, é que uma das pessoas, além de ter 59 anos, tinha um defeito físico, que dificultava a natação, pois não possuía um dos pés. A outra vítima (47), que tentava socorrê-lo cansou-se. Porém, mesmo sem coletes, tendo em vista que a fiscalização que efetuavam na região era relativa a denúncias de desmatamentos ilegais nas propriedades rurais, os Policiais pularam na água e conseguiram salvar os dois náufragos.

Os homens, residentes em MS (pediram para preservar a cidade onde moram), foram encaminhados ao hospital de Tacuru, onde receberam atendimento médico. Eles pescavam no rio, quando sofreram o acidente e acham que o motor do barco desligou-se no momento que atravessavam a corredeira, deixando-os à deriva, o que fez com que batessem nas pedras e o barco virasse. Ambos afirmam que, se os Policiais não chegassem, dificilmente escapariam com vida. Teria sido muita sorte a PMA estar naquele local no momento do acidente.

A equipe voltou ao local para tentar resgatar a embarcação e os materiais dos pescadores. Conseguiram retirar o barco que estava afundado preso às pedras, porém, não encontraram o motor de popa, os petrechos de pesca e nem outros materiais das vítimas que estavam no barco.

Fonte: Ms Noticias



http://www.itaquirainews.com/p/blog-page_8.html
Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...