COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Suspeito de estuprar mulher é preso com 'manual' para cometer abusos

[Ilustração]

Um vigilante, de 42 anos, foi preso suspeito de estuprar uma mulher de 46 anos na tarde desta segunda-feira (3) em São Roque, São Paulo. Segundo os policiais, foi encontrado com ele uma espécie de “manual” escrito em folha de caderno, onde o agressor anotava informações detalhadas sobre o uso de diversos medicamentos como espermicida e lubrificante, além de locais e horários.

Em outro papel haviam indicações de municípios e bairros como Itapevi e São João Velho. Ao lado de cada localização havia marcas indicando números e alguns pontos de referência, além de algumas anotações de horários que poderiam indicar a melhor hora para se abordar as vítimas, já que em uma das anotações está escrito “14h10m – gostosa”.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher de 46 anos andava pela Estrada dos Romeiros, no bairro São João Velho, uma das localidades anotadas na folha de caderno, quando foi abordada pelo suspeito armado com uma faca. Ele levou a vítima até um matagal próximo à linha férrea e cometeu o estupro.

Após o abuso, a mulher conseguiu escapar e pedir ajuda aos vizinhos. O homem foi detido e agredido pelos moradores, tendo ferimentos no rosto. A Polícia Militar foi acionada e levou o suspeito para a Santa Casa de São Roque para passar por atendimento. A vítima também foi socorrida ao pronto-socorro da cidade.

Em seguida, o vigilante foi levado à delegacia e preso em flagrante por estupro. Após passar por uma audiência de custódia na manhã desta terça-feira (4), ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Pilar do Sul (SP). A faca, uma touca e a folha de caderno ficaram apreendidas.

Junto com o homem, foi encontrado uma mochila contendo uma faca, uma touca, gel lubrificante e vários cadarços de sapatos, além de folhas de papel escrito com informações detalhadas sobre uso de diversos medicamentos, entre eles anestésicos, como luminal de sódio, nembutal e clorofórmio.

Também havia anotações sobre uso e efeito dos medicamentos, utilizando-se de termos como “Fazer um torniquete no braço com um lenço e injetar a ampola e tirar o ar de dentro da seringa e da agulha”, no caso do luminol e “ Dura talvez meia hora. Teste em dog”, no caso do clorofórmio.


Segundo a polícia, o homem já tinha duas passagens pelo mesmo crime. A vítima deve passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) em Sorocaba (SP).

Fonte: Mídia Max News




http://www.itaquirainews.com/p/blog-page_8.html
Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...