COMPARTILHE


Veja Também:


Crianças sequestradas pelo pai e encontradas sem vida estavam abraçadas
Mãe dá à luz ao seu 5° filho no carro em movimento e grava tudo

Naviraí - VÍDEO flagrou acidente e Policial Federal que atropelou e matou ainda não se apresentou

[Reprodução]

O Policial Federal, que não teve a identidade revelada, que atropelou três rapazes e acabou matando Everton da Silva Pessoa, de 17 anos, na última segunda-feira (13), na cidade de Naviraí distante 359 quilômetros de Campo Grande ainda não se apresentou a polícia.


De acordo com informações, ele teria dito que se apresentaria nesta quinta-feira (16), e o delegado que cuida do caso Eduardo Lucena ainda espera que o agente se apresente, caso contrário será feita a análise de que medidas serão tomadas.

O agente que conduzia uma viatura descaracterizada pode ser indiciado por homicídio, lesão corporal culposa e omissão de socorro. A assessoria de imprensa da PF não divulgou o nome do agente, mas informações dão conta de que ele seria do Rio de Janeiro e estaria em “missão” em Mato Grosso do Sul.

O vídeo

Nas imagens do vídeo é possível ver os jovens andando no meio da rua, quando minutos depois passa o carro conduzido pelo Policial Federal em alta velocidade atropelando o grupo. Everton da Silva Pessoa, de 17 anos, morreu no local e os outros dois amigos, de 17 e 18 anos, que estavam com o jovem ficarem feridos.

O atropelamento

Na madrugada de segunda-feira (13), Everton da Silva Pessoa, de 17 anos, morreu atropelado na Avenida Campo Grande, em Naviraí, cidade distante 359 quilômetros da Capital. Dois amigos que estavam com ele, de 17 e 18 anos, ficaram feridos e o motorista fugiu do local sem prestar socorro.

Por volta das 1h50, os cinco amigos andavam pela Avenida Campo Grande depois de saírem de um show, quando três jovens foram atropelados. Conforme o site Tá Na Mídia Naviraí, Everton morreu no local após ser atingido pelo carro desgovernado, enquanto o amigo, também de 17 anos, sofreu ferimentos leves e uma jovem de 18 anos ficou em estado grave.

Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados e socorreram as vítimas. Perícia e Polícia Civil foram ao local do acidente e testemunhas relataram que o carro que atropelou os jovens era preto, mas não souberam dizer o modelo. Algumas pessoas diziam ser um Astra, outras que era um Corsa e algumas chegaram a dizer que seria um HB20.

Um espelho de retrovisor foi apreendido no local e pode ajudar nas investigações para identificar o motorista. O caso é tratado como homicídio culposo e o condutor responderá por omissão de socorro.

 
Fonte: Mídia Max




http://www.itaquirainews.com/p/blog-page_8.html
Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...