COMPARTILHE


Polícia prende três suspeitos de matar e abandonar corpo em porta-malas

Trio foi preso por envolvimento no crime - Foto: Divulgação / Polícia Civil

Polícia Civil prendeu três pessoas suspeitas de espancar até a morte Natanael Lima dos Santos, de 46 anos, e abandonar o corpo dentro de porta-malas de um carro. Crime aconteceu no último domingo (24), em Água Clara e um adolescente de 17 anos está foragido.

Corpo foi encontrado por morador da região e estava amarrado com fios de energia e enrolado em cobertor, dentro de um Uno estacionado às margens da rodovia. Dentro do carro não havia marcas de sangue.

Depois da localização do corpo, policiais identificaram as últimas pessoas que foram vistas em companhia da vítima, saindo com ela de uma boate no mesmo veículo em que o corpo foi abandonado.

Conforme a Polícia Civil, na noite do crime Natanael estava na boate com os amigos. De lá, ele saiu com André Pereira de Oliveira e um adolescente de 17 anos, que teria coordenado toda a ação e convidado a vítima para ir até a casa de Eder Antunes Fernandes e Eduardo Augusto dos Santos Malaquias, em uma serraria para beber.

Chegando no local, adolescente sacou uma arma e anunciou o roubo. Natanael reagiu e a dupla o levou para dentro da casa, onde ele foi morto com golpes de sarrafo de madeira.

Depois do crime, corpo foi enrolado em cobertor e colocado no porta-malas do Uno. Intenção dos criminosos era jogar o corpo de uma ponte e vender o carro em Campo Grande. Porém, veículo teve pane e foi abandonado a cerca de dois quilômetros do rio.

Investigadores apuraram que André Pereira de Oliveira havia fugido para Três Lagoas, onde tem parentes. Ele foi detido por investigadores do Setor de Investigações Gerais (SIG) ontem e passou informações sobre os demais envolvidos.

Com base na informação, operação de busca foi realizada em Água Clara e foram presos Eder e Eduardo, ambos moradores da serraria para onde a vítima foi levada e morta.

Adolescente é apontado como líder do bando e está foragido. Ele teve internação provisória decretada pela Justiça. Os demais tiveram prisão temporária decretada e já se encontram presos.

Fonte: Correio do Estado

http://www.itaquirainews.com/p/blog-page_8.html
Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...