COMPARTILHE


Veja Também:


Crianças sequestradas pelo pai e encontradas sem vida estavam abraçadas
Mãe dá à luz ao seu 5° filho no carro em movimento e grava tudo

Pai acusado de abusar sexualmente da filha de 9 anos se mata na cadeia 1 dia após a prisão

[Foto Ilustração]

Renda Extra

Cometeu suicídio o homem de 42 anos, preso por abusar sexualmente da filha de 9 anos, em Corumbá, cidade localizada na fronteira com a Bolívia. Ele foi preso na última quarta-feira, dia 13 de abril, depois que a filha de 18 anos denunciou o abuso e foi constatado que o homem já tinha passagens por crimes de estupro de vulnerável e ameaça.

SDR HOST E DESINGN
O preso usou um casaco para amarrar em um registro de água, enrolou no pescoço e soltou o peso do corpo, morrendo asfixiado, conforme informou o delegado Sam Ricardo Aranha Suzumura.

A morte ocorreu por volta das 13 horas de ontem (14). O homem estava sozinho na cela, justamente para evitar agressão por parte de outros presos. O acusado ia ser retirado do local para ser interrogado na companhia de um advogado, quando os policiais constataram o suicídio. De acordo com o delegado, o corpo passou por exame necroscópico e a cela foi periciada.

Denúncia

O homem foi preso pela Força Tática da Polícia Militar. Após a denúncia, eles chegaram na casa do acusado, localizada no Bairro Aeroporto, onde a menina de 18 anos contou que também sofreu abusos do pai, quando era mais nova.

A jovem fingiu estar dormindo e quando escutou um barulho estranho e a voz do pai em tom baixo, ascendeu as luzes e flagrou o homem sobre a criança, que estava com o short abaixado. Ele jogou um cobertor em cima da vítima e foi até a cozinha. O pai das meninas pegou uma faca e começou ameaçar a todos dentro de casa. Nessa hora, a filha ligou para a polícia.

Na residência, a polícia encontrou seis crianças, que foram retiradas do local. O homem foi encontrado em outro cômodo, desacordado, aparentemente embriagado. Ele estava com uma faca de serra e uma broca de furadeira próximo a cintura, materiais utilizados nas ameaças. A criança disse que o pai vem abusando sexualmente dela há meses, mas teve medo de contar e ninguém acreditar.


Fonte: Diário Corumbaense



Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...