COMPARTILHE



Loiríssima, Bruna Marquezine mostra resultado para Neymar e ele fica em choque; assista ao vídeo
Cabelo loiro de Bruna Marquezine é uma farsa, verdade vem à tona e deixa todos perplexos

Naviraí- Autor de assassinato de cabeleireira foragido desde 2004 é morto em troca de tiros com pistoleiros

Marcos Alves Ferreira, estava usando o nome falso de Estevão Rodrigues de Melo. (Foto: Arquivo)



Vitima morto em troca de tiros com pistoleiros em Ponta Porã era foragido da justiça após matar de forma cruel e violento cabeleireira na cidade de Naviraí no ano de 2004.

Estevão Rodrigues de Melo (50) seria na verdade Marcos Alves Ferreira, foragido da justiça de Naviraí desde o ano de 2004 após executar a cabeleireira Jucelia Faustino Antunes, na época o crime chocou a sociedade naviraiense cujas autoridades passaram a procurar por Marcos em varias cidades do estado, divulgando matéria inclusive no programa “Linga Direta” da rede Globo de televisão.

Na época, Marcos, ex Policial Militar, estava tentando reatar com Jucélia, com quem ele teria convivido por cinco anos, mas ela ao não aceitar assinou a sua sentença de morte. Na noite do crime, Marcos achou que ela estava saindo com outro rapaz e por ciúme a matou com cinco tiros. O crime aconteceu minutos após a virada de ano.

Seis dias após o bárbaro crime, Marcos se apresentou na delegacia de polícia da cidade de Dourados, onde confessou e saiu livre para responder em liberdade, mas desapareceu pela que foi decretado um mandado de prisão. Desde então ele se encontrava foragido da Justiça.

Policiais Civis da DAM (Delegacia da Mulher de Naviraí), que trabalham no caso, chegaram a realizar diligencias e investigações na cidade de Dourados, onde Marcos tinha uma residência que foi vendida dias após o crime, e também na cidade de Ponta Porã na fronteira com o Paraguai, onde segundo informações seria o local que ele estaria morando atualmente.

O paradeiro de Marcos só foi descoberto após um assassinato que ocorreu na noite da última quarta feira (16), na cidade de Ponta Porã, aonde quatro homens a bordo de uma camionete tipo Toyota Hilux, cor prata, chegaram a uma residência, localizada na rua Caiobi no bairro Jardim das Oliveiras, e sem mediar palavras realizaram vários disparos em direção a vitima ate então conhecido por Estevão Rodrigues de Melo, que revidou ao ataque matando um dos seus executores que foi identificado como, Clecio Azevedo Lopes (39), que morreu no portão da casa, os outros três conseguiram fugir deixando para trás as arma do crime sendo uma pistola do calibre 380 e fuzil modelo Ak 47 do calibre 762.

Estevão, segundo apontam as investigações já esperava pelos pistoleiros com uma submetralhadora do calibre 9mm que desapareceu do local do crime e um revolver calibre 38 que foi apreendido pela Policia Civil, Marcos foi atingido por vários tiros de pistola e fuzil, e veio a falecer ainda dentro de sua residência.

Após o assassinato foi constatado que Estevão era um o nome falso da vítima e que seu verdadeiro nome era Marcos Alves Ferreira, o qual estava sendo procurado pelo assassinato da cabeleireira Jucélia. Segundo informações, após se mudar para Ponta Porã, Marcos conseguiu documentação falsa, e passou a viver com o nome de Estevão.

Os agentes do SIATO da Polícia Civil de Ponta Porã imediatamente após o duplo homicídio iniciaram investigações a fim de prender os demais componentes que atuaram no crime.


Fonte: Tá na Mídia Navirai



Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...