COMPARTILHE


 Clique aqui para entrar
Clique para entrar 👆👆👆

Ex-marido é esfaqueado após estuprar e ameaçar mulher com arma de brinquedo

A arma usada pelo ex-marido para ameaçar a vítima era de brinquedo (Foto: Edição MS)



Na noite de domingo (20), homem de 36 anos foi esfaqueado pela ex-mulher, de 37 anos, em Coxim, cidade que fica a 253 quilômetros de Campo Grande. A mulher teria esfaqueado o homem para se defender, após ele ter invadido a casa dela armado com um revólver de brinquedo e estuprado a vítima mediante ameaça.

Conforme relato da cozinheira, de 37 anos, ela está separada do homem há mais de uma semana e, por volta das 16 horas de domingo ele chegou na casa, chutou a porta e invadiu a residência com a arma na mão. Ele teria começado a agredir e estuprar a ex-mulher e o ato durou quase 2 horas, quando a vítima conseguiu ir até a cozinha, onde se apossou de duas facas e se defendeu.

A mulher contou ao site Edição MS que entrou em luta corporal com o ex e o golpeou com as facas na tentativa de se libertar. Quando conseguiu fugir do agressor, a vítima correu até a casa do vizinho, um guarda noturno de 52 anos, que mora nos fundos da casa. Ele conta que a vítima chegou na casa dele sem roupas e com as facas nas mãos, implorando por socorro.


  • A mulher precisou usar facas de cozinha para se defender do agressor (Foto: Edição MS)

  • A vítima sofreu um corte no braço esquerdo e estava abalada e foi levada ao hospital pelos policiais militares que atenderam o caso. Além da PM, Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior), Polícia Civil e Perícia estiveram no local. O ex-marido da vítima foi encontrado totalmente nu e coberto por sangue, caído na calçada e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

    De acordo com a Perícia, a arma usada pelo suspeito para ameaçar a ex-mulher era de brinquedo. Os peritos também verificaram que havia sangue em quase todos os cômodos da casa, principalmente no quarto, onde também havia sinais de luta. Familiares e amigos da vítima contam que as discussões entre o ex-casal são constantes, porque o homem não aceita o fim do relacionamento.


  • No quarto, havia sinais de luta e manchas de sangue (Foto: Edição MS)


  • O caso deve ser registrado na delegacia e investigado.

    Fonte: MidiaMax



    Compartilhe no Google Plus

    Sobre Itaquirai News

    Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Deixe Seu Comentário...