COMPARTILHE


Mãe de traficante e execultada na porta de casa quase um mês depois da morte do filho

Mãe de traficante é assassinada na porta de casa



 A mãe de um dos maiores traficantes do bairro da Manga, em Várzea Grande, foi executada na porta de casa, na manhã desta segunda-feira (29), por um grupo que passou atirando de dentro de um Palio prata.

Dona Alzira, como era conhecida a mãe de Edézio Pedro do Nascimento, estava na porta de casa quando foi alvejada pelos bandidos. Ao menos cinco tiros acertaram a mulher e um dos disparos atingiu sua cabeça. Ela foi levada ao Pronto-socorro de Várzea Grande, mas morreu na unidade médica.

As informações da Polícia Militar não confirmam que a morte de Dona Alzira Nascimento Fonseca tenha ligação com o tráfico, mesmo ela tendo em sua ficha criminal uma passagem por venda de entorpecentes.

Ainda não se sabe o motivo da morte de Dona Alzira, mas existe uma possibilidade de que uma briga familiar envolvendo inclusive a ex-mulher de Edézio teria motivado o assassinato.



“Não temos muitas informações, apenas sabemos que um carro passou e atiraram na vítima. Tem um boato de briga familiar, porém tudo será investigado”, comentou a delegada Silvia Pauluzzi, que irá comandar os trabalhos de investigação pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Considerado um dos maiores traficantes da Manga, Edézio foi assassinado no dia 11 de fevereiro na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA). Ele estava em companhia de um mecânico de motos quando foi executado com três tiros. O mecânico também foi baleado e morreu a caminho do Pronto-socorro. 

A Polícia Civil informou que irá investigar a participação desse veículo Palio no crime, já que um rapaz identificado como “Chorume” foi baleado na mesma região por bandidos que estavam em um carro semelhante. Segundo a vítima, que não morreu, haviam quatro homens no automóvel.

Fonte: Hiper Notícias



Compartilhe no Google Plus

Sobre Itaquirai News

Itaquirai News Seu Portal de Noticias de Itaquirai e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário...